Praia da Ribeira do Cavalo




Ou Praia do Ribeiro de Cavalo...

Na segunda-feira passada fomos até Sesimbra com um casal de amigos para aproveitar o dia à beira-mar e conhecer uma das praias mais bonitas do país.

Alguns de vocês provavelmente já conhecem esta praia, mas até há bem pouco tempo era considerada secreta até ter saído numa revista que a classificou como o "caribe português". Desde então o difícil é conseguir algum espaço na praia para a nossa toalha.




Como chegar:

Chegar à Ribeira do Cavalo pode ser um bocadinho tricky, pois existe um acesso pedonal bastante acidentado e íngreme, uma vez que a praia se encontra inserida no meio de arribas. No entanto, hoje em dia já é possível aceder à praia de barco.

Desta vez, fomos à "boleia" de um barco da Vertente Natural e sem dúvida que foi muito mais fácil de lá chegar. Como fomos a uma segunda-feira, a maioria dos espaços do Porto de Abrigo de Sesimbra encontravam-se fechados, mas a equipa da Vertente Natural foi impecável.
Pela viagem pagámos 17€ por pessoa, com a viagem de volta garantida, a uma hora combinada.
O skipper era bastante divertido e contou-nos várias curiosidades da zona costeira de Sesimbra, inclusivamente prontificou-se a ir buscar-nos mais cedo do que o combinado, já que se tinha levantado imenso vento.




O que levar:

A praia não é vigiada pelo que aconselhamos maior atenção durante o período de banhos, principalmente se levam crianças convosco.

Não existe nenhum bar ou local de venda e, por isso mesmo, levámos connosco uma geleira com algumas bebidas, água e sandes para o dia. Outra coisa que não dispensámos foi do nosso próprio saco do lixo, pois a praia não dispõe de contentores (isto implica, regressar com o saco até Sesimbra para ajudar a manter a praia limpa).

No nosso caso, optámos por levar apenas os telemóveis (em bolsa à prova de água) e uma máquina fotográfica aquática, isto porque não quisemos correr riscos com a reflex, no entanto, achamos que qualquer tipo de registo fotográfico desta praia vale a pena.




A praia, como referimos no início, já está um bocadinho "povoada", portanto não estranhem se encontrarem por lá famílias inteiras com os seus cães e os seus decibéis bastante elevados em modo "a praia é nossa".

No fim do dia, tivemos que fugir mais cedo, porque se levantou uma ventania que nos encheu de areia e como já nos sentíamos desconfortáveis, pedimos o barco para ir embora. 

Ah! Uma coisa muito importante...NÃO HÁ REDE! Se forem NOS ainda são capazes de conseguir um pauzinho, de resto...esqueçam.

Apesar da temperatura da água ser um bocadinho baixa, foi um dia muito bem passado nesta praia em que as fotografias falam por si. O skipper aconselhou-nos outras praias ali na zona que serão certamente interessantes de conhecer.

Gostaríamos de saber a vossa experiência nesta praia e claro...que outras praias não podemos mesmo deixar de conhecer. 






//\\


2 comentários

  1. As fotografias estão muito giras! Estamos a gostar muito de vos conhecer e esperamos que fiquem por muitos e bons anos pela blogosfera! :D

    ResponderEliminar